CONTE A SUA HISTÓRIA

Aqui, nós te encorajamos a ser você mesma. Compartilhe com a gente a sua história, os seus anseios e os seus desejos como mulher da cena do rock brasileiro.

Um movimento e espaço seguro para mulheres serem quem elas quiserem!

About a Grrrl é um espaço virtual para mulheres do rock desabafarem e criarem força interagindo umas com as outras e conhecendo histórias, referências e recomendações.

SOBRE O PROJETO E A AUTORA

Amo a mulher que me tornei porque lutei muito pra ser ela.

Hey, garota rock! Tudo bem? Eu me chamo Cath, tenho 21 anos, e, assim como você, lutei muito para estar onde estou hoje. Sou atriz por formação, estudante de música e formanda de jornalismo, apaixonada por rock e pelas artes em geral. Mesmo assim, sempre senti falta de uma presença ativa das mulheres na música alternativa.

Por isso, tive a ideia de criar o About a Grrrl, um portal jornalístico para as minas do rock brasileiro que querem descobrir mais sobre o gênero e suas colegas de profissão, compartilhar suas histórias, estudar sobre o feminismo e até descobrirem dicas de como superar obstáculos nessa cena ainda tão machista.

Agora eu quero ouvir a sua voz!

ENTREVISTAS

Conheça diversos talentos do rock atual brasileiro
e o que elas têm a dizer sobre a cena.

ENTREVISTAS

Conheça um pouco sobre a trajetória de Karen Dió, frontwoman da Violet Soda, e como é ser uma mulher na liderança do cenário do rock atual brasileiro.

ENTREVISTAS

Entenda de onde vem a líder da banda Deb And The Mentals e o que ela considera como luta feminista no meio da música.

ENTREVISTAS

Conheça a história de Laura Lugo, criadora da banda Luggo, e suas percepções acerca do machismo no rock nacional.

DEPOIMENTOS

Juntas somos mais fortes! Leia os depoimentos de algumas mulheres do rock e inspire-se.

Slide

DESABAFO

"Como musicista, mulher e principalmente feminista, percebi que, em diversos momentos, meu gênero contou mais do que minha habilidade no canto, especialmente no rock. Quando cantava em bandas, onde normalmente era a única mulher, os outros integrantes pareciam duvidar de mim o tempo todo, como se esperassem que eu fosse 'café com leite' por ser mulher. Era muito comum, por exemplo, se eu dissesse que era fã de uma banda de rock, me mandarem falar a discografia de A à Z. Nós mulheres não temos que nos provar, os homens é que precisam entender que somos iguais e não nos olhar com prepotência. Mas isso só acontecerá, na minha opinião, conforme escutarmos e falarmos mais sobre bandas femininas e apreciar essas artistas como fazemos com bandas masculinas."

Marina Fontenelle

Slide

DEPOIMENTO

"Todo mundo fala que música não é uma profissão fácil, mas quando se é mulher é imensamente mais difícil trabalhar na indústria musical. Para mim, foram as falsas afirmações que me fizeram. Demorei muito para perceber que vinham de um lugar machista. Falaram que faculdade de música não era para mim, que precisaria de uma banda de homens para ter sucesso, que produção musical era uma profissão masculina, que era sensível demais para enfrentar essa dura indústria. Hoje, sabendo que nenhuma dessas afirmações é verdade, e fortalecida pelas mulheres que, como eu, escolheram essa indústria, sinto forças e fui enfrentar o mundo da produção musical. Agora, cabem todas as Lias, a guitarrista, a produtora, a cantora, a artista."

LYYA

Slide

DESABAFO

"Eu entrei nesse universo de shows e bandas muito cedo. A primeira vez que subi no palco com uma banda eu tinha 14 anos. E lembro que, tanto nesse, quanto em outros shows que fiz, eu recebia um tratamento diferente do que os meus colegas homens recebiam. Em festivais independentes, isso não acontecia tanto, mas eu e outras artistas sempre tínhamos todo o nosso conhecimento e bagagem artística desvalorizados por caras aleatórios. Às vezes era um integrante de uma outra banda, um produtor ou alguém do público que ainda não nos conhecia. E além disso, eu já perdi a conta de quantas vezes eu e outras artistas já fomos tratadas de forma extremamente objetificada, como se fossemos um bibelô no palco que servia, puramente, para agradar olhos masculinos."

Marina Zzizi

anterioranterior
próximopróximo

CONTATO

Indique uma banda, desabafe ou faça parte. 🙂

Se quiser deixar um depoimento, contribuir com conteúdos, recomendar uma banda ou desabafar, preencha o formulário abaixo e nos envie!


© About a Grrrl 2021.
Todos os direitos reservados.

Um movimento e espaço seguro para mulheres serem quem elas quiserem!